O prazer de um homem

Não há maior prazer para um homem,
Que o toque da mulher que ama!

Não há maior prazer para um homem,
Que o carinho da mulher que ama!

Não há maior prazer para um homem,
Que o beijo da mulher que ama!

Não há maior prazer para um homem,
Que o tremer da mulher que ama!

Não há maior prazer para um homem,
Que o vibrar da mulher que ama!

Não há maior prazer para um homem,
Que o gemer da mulher que ama!

Não há maior prazer para um homem,
Que o contorcer da mulher que ama!

Não há maior prazer para um homem,
Que o cheiro da mulher que ama!

Não há maior prazer para um homem,
Que o tremer da mulher que ama!

Não há maior prazer para um homem,
Que o escorrer úmido da mulher que ama!

Não há maior prazer para um homem,
Que o grito sufocado da mulher que ama!

Não há maior prazer para um homem,
Que o orgasmo múltiplo da mulher que ama!

Não há maior prazer para um homem,
Que a declaração de amor da mulher que ama!

Não há maior prazer para um homem,
Que o suspirar da mulher que ama!

Não há maior prazer para um homem,
Que a segurança, ao se entregar, da mulher que ama!

Não há maior prazer para um homem,
Que ser homem para a mulher que ama!

4 comentários:

desabafodascalcinhas.blogspot.com disse...

Muito boa a declaração sentida, sensível e erótica.....é muito bom amar e ser amada ( o)

Rosangela disse...

Olá meu querido Marcos!
Olha que roubada em que te ponho, num blog erótico com mais 4 mulheres. Nem tive tempo de convencimento... Mandei o convite e ponto. Mas como bom poeta que és, vc se saiu muito bem, driblou a saia justa e arrazou com esta belíssima poesia que fala de forma real o que realmente causa prazer num homem.
Aplausos!
Bjs poéticos!

Marcos Airosa disse...

Meu querido anjo é por isso que eu te adoro. seja sempre vc.bjoss.

Rosangela disse...

Beijão Marcos e obrigada pela presença aqui!