Quero











Quero te levar pra casa
beijar suave tua nuca
tocar com meu lábios teus dentes
ficar demente por ti

Quero sofrer mal de amor
sem esperanças de cura
iludir-me, matar minha sede,
me esgotar ardente, pura loucura

Quero a saliva de teus lábios
escorrendo por nossas bocas
e a saliva de teu sexo
escorrendo em minhas coxas

Quero deixar o meu canto
penetrar em ti com alegria
e ainda que seja em pranto
viver esta última, íntima, fantasia




Texto: Neusa Fiesta
Imagem do Google 

9 comentários:

Contextual disse...

Uaaau! Demais!!!

Fogo disse...

Nice!

Celamar Maione disse...

O amor produzindo o anseio...

Neusa Fiesta disse...

Luciana, é uma honra para mim saber que você gostou! Obrigada!
Um grande beijo!

Neusa Fiesta disse...

Celamar, exatamente:
é o amor produzindo o anseio.
Obrigada por comentar!
Um grande beijo!

Neusa Fiesta disse...

Thanks, Fogo!
Beijossssss

Malu disse...

Neusa, absoluto!!!
Adorei seu poema...
Beijinhos

manoel disse...

E é tão bom sentir seus lábios nos meus, e é tão bom sentir seu corpo colado ao meu, e é tão bom amar-nos em completa intimidade e com toda a cumplicidade que merece o nosso amor!

LISON COSTA disse...

Saudações!
Amiga Neusa:
O seu Poema é lindo!
Contagiou. Mexeu. Valeu.
Parabéns por mais um lindo Post!
Abraços,
LISON.