Tua Leitura



Leia-me
Leia meus olhos
Olhe dentro deles
Veja o que eles te dizem
Só você os entenderá

Leia minha boca
Ela esconde delicias
Que só tua boca poderá descobrir
Só para você ela mostrará

Leia minha mão
Desvende meus mistérios
Sinta a maciez e o calor
E o toque de ternura que te dará

Leia meu corpo
Toca-o com calma
Ele te revelara toda a minha loucura
Que te enlouquecerá

Leia meu coração
Ele guarda todos os meus desejos
Saberás tudo de mim
Ele tudo te revelará

Leia minha alma
Leia com atenção
Nela estão todos os meus segredos
Que só a tua alma saberá

E depois disso tudo
Deitada comigo abraçada
Aconchegada no meu peito
Dormiremos um sono profundo!

2 comentários:

Daniele Lima disse...

Imaginar que é possível ouvir estas palavras outrora escritas, me leva pra um lugar delicioso que só eu posso ir... maravilha de poema!

Rosangela disse...

Aplausos anjo!
Boa imagem a que construiu. O desejo que atenta aos devaneios de amar... E por fim a satisfação, a realização, marcada no descanso pós coito... Muito bom isso!
Parabéns!